Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:
  • Ilha de S. Jorge (Sistema Vulcânico Fissural de Manadas) em Alerta Científico V3, após reativação do sistema vulcânico em profundidadeIlha Terceira (Vulcão de Santa Bárbara) em Alerta Científico V2 devido aos níveis de atividade microssísmicaAtividade sísmica na ilha de São Jorge encontra-se acima dos valores normais de referênciaAtividade sísmica no Vulcão de Santa Bárbara (ilha Terceira) encontra-se acima dos valores normais de referênciaIlha de S. Jorge, último sismo sentido: 8 de agosto às 08:06h, intensidade máxima III/IV na freguesia de VelasCIVISA apela ao preenchimento do inquérito de macrossísmica em caso de sentir um sismo



Mundo ► Fenómenos Naturais

Animação das poeiras capturadas em Marte (NASA)
02-03-2017 12:30
Marte
NASA captura imagens de poeiras em Marte

​A National Aeronautics and Space Administration (NASA) divulgou uma imagem em que mostra uma poeira na superfície de marte, o designado Diabo de Poeira (Dust Devils).

Um Diabo de Poeira é um remoinho de vento, que resulta do calor do sol que aquece o solo, resultando em movimentos convergentes do ar que adquiriu o calor do chão. Apresenta algumas semelhanças com um tornado no entanto distingue-se,entre outros aspetos, por ocorrer, em geral, em situações onde não há uma nuvem-mãe associada e por se organizar sempre da base para o topo.

As observações de poeiras em Marte fornecem informações sobre as direções do vento e interações entre a superfície e a atmosfera.

De acordo com a NASA, as imagens foram adquiridas no dia 1 de fevereiro, dentro de um campo de visão mais amplo através do Rover’s Navigation Camera. A área retangular esboçada em preto, foi visualizada várias vezes num intervalo de vários minutos, precisamente para verificar a existência de poeiras. As imagens foram capturadas em pares, com cerca de 12 segundos de intervalo, e com um intervalo de cerca de 90 segundos entre pares. Na animação partilhada pela NASA, o tempo é acelerado e não totalmente proporcional, com contrastes modificados para facilitar a visualização.

A atmosfera marciana é muito diferente da que existe na Terra, sendo cerca de cem vezes mais fina, o que significa que os ventos não sopram com tanta intensidade. Ainda assim, são suficientes para gerar uma poeira marciana. 

O Rover’s Navigation Camera está em Marte desde 2012, e está neste momento a sondar uma montanha que se encontra no interior da cratera Gale. Para além dos Diabos de Poeira, o aparelho está a analisar dunas de areia de modo a saber mais sobre o efeito do vento na triagem de grãos de areia com diferentes composições, o que ajudará a interpretar dunas modernas e arenitos antigos.



Fontes


NASA
Fox News Science
CBS Denver
News 4 JAX

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.