Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Trajetória esperada do furacão Dorian (Imagem: National Hurricane Center, NHC-NOAA)
03-09-2019 15:45
Baamas
Furacão Dorian causa mortos e feridos nas Baamas

​O furacão Dorian, que atingiu no passado dia 1 de setembro o arquipélago das Baamas, causou pelo menos cinco mortos e 21 feridos, anunciou o primeiro-ministro do país, Hubert Minnis. As mortes foram registadas nas ilhas Abacos, as primeiras a serem atingidas pelo furacão Dorian. O primeiro-ministro adiantou ainda que há várias pessoas na ilha de Grande Baama em sérias dificuldades e que as equipas de socorro darão resposta aos pedidos de ajuda assim que as condições climáticas o permitam.

 

Os ventos, com velocidade superior a 300 km/h, destruíram pelo menos 13 mil casas em várias ilhas, deixando um forte rasto de destruição e fazendo com que a população ficasse sem condições de acolhimento adequadas.
 
O furacão continua ao largo da ilha de Grande Baama, tendo descido agora para categoria 2, e deve continuar assim ao longo desta terça-feira. Nesta ilha registaram-se mais de 760 mm de precipitação. O aeroporto internacional das Baamas, Freeport, localizado naquela ilha, está completamente submerso.
 
Embora tenha diminuído de intensidade, Dorian cresceu em tamanho. Os ventos com força de furacão estendem-se por quase 100 km do centro da tempestade, enquanto que os ventos com força de tempestade tropical se estendem por 280 km. O furacão tem-se deslocado muito lentamente para noroeste, atualmente 3 km/h, devido a um sistema de altas pressões situado nas Bermudas (anticiclone das Bermudas) que tem impedido a progressão do Dorian para norte. No entanto, pode estar prestes a mudar devido à aproximação de um sistema de baixas pressões.
 
Apesar de progridir lentamente, o furacão, considerado o mais intenso deste ano, pode provocar danos na costa da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul, independentemente da sua trajetória. Mais de um milhão de pessoas recebeu ordens para deixar suas casas na região. É possível que o olho do furacão não atinja o continente, porém terá influência sobre a costa americana. Existe o risco de inundações na Flórida e fortes ventos na Carolina do Norte. 


Fontes


National Oceanic and Atmospheric Administration - NHC
CNN
Público
BBC

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.