Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:
  • Ilha de S. Jorge (Sistema Vulcânico Fissural de Manadas) em Alerta Científico V3, após reativação do sistema vulcânico em profundidadeIlha Terceira (Vulcão de Santa Bárbara) em Alerta Científico V2 devido aos níveis de atividade microssísmicaAtividade sísmica na ilha de São Jorge encontra-se acima dos valores normais de referênciaAtividade sísmica no Vulcão de Santa Bárbara (ilha Terceira) encontra-se acima dos valores normais de referênciaIlha de S. Jorge, último sismo sentido: 8 de agosto às 08:06h, intensidade máxima III/IV na freguesia de VelasCIVISA apela ao preenchimento do inquérito de macrossísmica em caso de sentir um sismo



Mundo ► Fenómenos Naturais

Casas destruídas pelas cheias em Schuld, na Renânia-Palatinado. Foto: REUTERS/WOLFGANG RATTAY in Público
16-07-2021 15:30
Europa
Mau tempo na Europa provoca extensos danos e mais de 90 mortos

​O mau tempo que se fez sentir na Europa nos últimos dias, e que consequentemente causou inundações, cheias e movimentos de vertente, já tirou a vida a pelo menos 93 pessoas.

As chuvas torrenciais, maioritariamente na Alemanha, mas também nos Países Baixos, na Bélgica e no Luxemburgo, levaram os rios a transbordar, provocando inundações repentinas, agravadas pela incapacidade do solo absorver água. 

Até ao momento, contabilizam-se 93 mortos, 81 dos quais na Alemanha ocidental e 12 na Bélgica. No Luxemburgo e Países Baixos, vários distritos de Maastricht tiveram de ser evacuados. 

Em Rhineland-Palatinate, uma das regiões mais afetadas, o número de mortos tem aumentado significativamente, tendo aumentado de 28 para 50 nas últimas 24 horas. É provável que o balanço venha a aumentar nos próximos dias devido ao elevado número de pessoas desaparecidas, principalmente em Renânia do Norte-Vestefália e em Renânia-Palatinado. 

Segundo as autoridades locais, nesta última região continuam sem notícias de cerca de 1300 pessoas, que vivem na cidade mais atingida, Bad Neuenahr-Ahrweiler. Isto deve-se à inexistência de comunicações, que está a impedir o contacto com os residentes. No entanto, as autoridades continuam a contar com aproximadamente 60 pessoas desaparecidas, e “quando se tem pessoas de quem não se tem notícias há tanto tempo (...) é preciso temer o pior", sendo esperado um aumento do número de vítimas mortais nos próximos dias. 

Perto da fonteira com a Bélgica, a barragem Rurtalsperre Schwammenauel transbordou durante a noite, enquanto outra, Steinbachtalsperre está em risco de rotura.

Cerca de mil soldados foram mobilizados para proceder a operações de resgate e limpeza das cidades e aldeias que apresentam quase todas o mesmo cenário: ruas e casa submersas, carros virados e árvores arrancadas. Segundo alguns jornalistas, em Ahrweiler, várias casas desmoronaram.

Na Bélgica, onde já se registou pelo menos 12 mortos, cerca de dez casas desabaram na região de Pepinster, após o rio Vesdre inundar a zona leste da cidade, tendo se procedido à evacuação de mais de mil habitações. Já na região montanhosa de Eifel, 70 pessoas foram dadas como desaparecidas depois de várias casas desabarem.

No rio Meuse, que passa pela Bélgica, França e Países Baixos, o tráfego foi suspenso todos os serviços de comboios de alta velocidade Thalys, para a Alemanha, foram cancelados.

A extensão total dos estragos e vítimas ainda não é clara uma vez que muitas zonas continuam inacessíveis.

Segundo os serviços de meteorologia, prevê-se a continuação de chuva na região noroeste da Alemanha até pelo menos o dia de hoje.

Segundo os meteorologistas, não há precedentes para a quantidade de chuva que atingiu a região esta semana, sob um sistema de baixa pressão atmosférica. Para Svenja Schulze, ministra do Ambiente da Alemanha, estes acontecimentos mostram a força com que as alterações climáticas podem afetar-nos a todos. Recorda a importância de nos prepararmos mais e ainda melhor para tais eventos. 

​​​


Fontes


Público
RTP

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.