Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:
  • Ilha de S. Jorge (Sistema Vulcânico Fissural de Manadas) em Alerta Científico V3, após reativação do sistema vulcânico em profundidadeIlha Terceira (Vulcão de Santa Bárbara) em Alerta Científico V2 devido aos níveis de atividade microssísmicaAtividade sísmica na ilha de São Jorge encontra-se acima dos valores normais de referênciaAtividade sísmica no Vulcão de Santa Bárbara (ilha Terceira) encontra-se acima dos valores normais de referênciaIlha de S. Jorge, último sismo sentido: 8 de agosto às 08:06h, intensidade máxima III/IV na freguesia de VelasCIVISA apela ao preenchimento do inquérito de macrossísmica em caso de sentir um sismo



Mundo ► Fenómenos Naturais

Foto in CNN
27-08-2018 16:45
Irão
Sismo de magnitude 6,0 no Irão provoca danos e mortos

​Um sismo de magnitude 6,0 (Richter) atingiu na madrugada do dia 26 a região de Kermanshah no Irão. De acordo com o United States Geological Survey (USGS), o sismo ocorreu às 22:13 hora UTC do dia 25 de agosto (02:43 hora local do dia 26), localizou-se em terra a cerca de 14,4 km a SE de Tāzehābād e 26,5 km a SW de Javānrūd no Irão, a aproximadamente 10 km de profundidade. Ao sismo principal seguiram-se dezenas de réplicas, duas das quais com magnitude superior a 4,0.
 
Pelo menos duas pessoas morreram e 310 ficaram feridas. Segundo o responsável do Departamento de Emergência da Universidade Kermanshah de Ciências Médicas, Saeb Sharidari, seis pessoas encontram-se em estado crítico.
 
Equipas de resgate foram enviadas para Tāzehābād, na fronteira com o Iraque, a cidade mais atingida e onde foi relatado a maioria das vítimas. O Governador da província de Kermanshah, Houshang Bazvand, comunicou que pelo menos 500 edifícios foram destruídos. Segundo o jornal Iran Daily, o sismo foi sentido até em Bagdad, a cerca de 350 quilómetros de distância, embora não tenham sido relatados feridos ou danos.
 
O responsável da Sociedade do Crescente Vermelho da província de Kermanshah, Mohammad Reza Amirian, disse existirem potenciais problemas com a água potável devido aos danos provocados nas infraestruturas em algumas aldeias, no entanto ainda não havia sido necessário distribuir alimentos ou tendas. Em algumas aldeias, a eletricidade foi cortada temporariamente.
 
O Irão é atravessado por várias estruturas tectónicas e é frequentemente atingido por sismos de proporções devastadoras. A área montanhosa perto da fronteira com o Iraque, foi em novembro passado palco de um sismo de magnitude 7,3 que tirou a vida a 620 pessoas e feriu milhares. Em 2003, cerca de 31 mil pessoas morreram na sequência de um sismo catastrófico que atingiu a cidade de Bam, no sudeste do país.


Fontes


USGS
EMSC
Aljazeera
Deutsche Welle

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
segunda-feira, 4 de Dezembro de 2017
​Um forte sismo de magnitude 6,0 atingiu, no passado dia 1 de dezembro, o sudeste do Irão, seguido 11 minutos depois de uma réplica de magnitude 5,1. De acordo com o United States Geological Survey (USGS), o sismo principal ocorreu às 06:02 hora local (02:32 hora UTC) e localizou-se a 74,8 km a SE de Rāvar, a 73,6 km a E de Zarand e a 58,6 km a NNE de Kermān, a cerca de 10 km de profundidade.   O epicentro deste evento localiz...
segunda-feira, 13 de Novembro de 2017
​Um sismo de magnitude 7,1 atingiu na noite de ontem, dia 12 de novembro, o irão tendo sido sentido a mais de mil quilómetros do epicentro. De acordo com European-Mediterranean Seimological Centre (EMSC), o sismo ocorreu às 18:18 hora UTC (21:18 hora local), localizou-se na fronteira deste país com o Iraque, a 209 km a NE de Baghdad (Iraque), a 96 km a SE de Sulaymānīyah (Iraque) e a 37 km a N de Sarpol-e Z̄ahāb (Irão), a cerc...
terça-feira, 16 de Maio de 2017
​Um sismo de magnitude 5,6 atingiu no passado sábado, 13 de maio, a vila de Pisqaleh, na região nordeste do Irão. De acordo com o European-Mediterranean Seimological Centre (EMSC), o sismo ocorreu às 22:31 hora local (18:01 hora UTC), localizou-se a cerca de 99 km a W de Ahsgabat no Turquemenistão, e a 25 km a N de Bojnūrd no Irão, a cerca de 10 km de profundidade.  De acordo com a agência noticiosa IRNA, a região situa-se ...
quarta-feira, 5 de Abril de 2017
​Um forte sismo de magnitude 6,1 atingiu esta madrugada o nordeste do Irão, na região de Razavi Khorasan, perto da cidade sagrada de Mashha. De acordo com o United States Geological Survey (USGS), o sismo ocorreu às 10:39 hora local (06:09 hora UTC), localizou-se a cerca de 96,9 km a SE de Mashhad, a 63,9 km a NNW de Torbat-e Jām e a 54 km a E de Farīmān no Irão, a cerca 13 km de profundidade. O sismo relativamente superfic...
sexta-feira, 6 de Janeiro de 2017
​Um sismo de magnitude 5,2 atingiu esta madrugada a província de Fars, na  região sul do Irão. De acordo com o European-Mediterranean Seismological Centre (EMSC), o sismo ocorreu às 06:03 hora local (02:33 hora UTC), localizou-se a cerca de 169 km a S de Shīrāz e a 92 km a SE de Fīrūzābād no Irão, a cerca de 10 km de profundidade.  Apesar do epicentro do sismo ser em uma zona rural montanhosa e escassamente povoada, até ao mom...
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.