Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/ensino. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://ivar.azores.gov.pt/ensino. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:
  • Ilha de S. Jorge (Sistema Vulcânico Fissural de Manadas) em Alerta Científico V3, após reativação do sistema vulcânico em profundidadeIlha Terceira (Vulcão de Santa Bárbara) em Alerta Científico V2 devido aos níveis de atividade microssísmicaAtividade sísmica na ilha de São Jorge encontra-se acima dos valores normais de referênciaAtividade sísmica no Vulcão de Santa Bárbara (ilha Terceira) encontra-se acima dos valores normais de referênciaIlha de S. Jorge, último sismo sentido: 8 de agosto às 08:06h, intensidade máxima III/IV na freguesia de VelasCIVISA apela ao preenchimento do inquérito de macrossísmica em caso de sentir um sismo



 Licenciatura em Proteção Civil e Gestão de Riscos

S. Miguel, João Bom, 2012

Enquadramento


Este ciclo de estudos tem como objetivo promover a Sociedade do Conhecimento para potenciar a capacidade das organizações, das entidades públicas e privadas e dos cidadãos, a nível internacional, nacional, regional, municipal e local, no que respeita:
  • à avaliação dos riscos naturais e tecnológicos que constituem uma ameaça à segurança de pessoas, bens e infra-estruturas e à definição de medidas mitigadoras de carácter geral e específico;
  • à implementação, desenvolvimento e/ou consolidação de estruturas, procedimentos e mecanismos de proteção civil suscetíveis de contribuir para a prevenção de riscos inerentes a situações de acidente grave ou catástrofe;
  • à adoção de comportamentos coletivos e individuais adequados à resposta a situações de crise eminente ou de emergência;
  • às exigências dos processos de recuperação cultural, social, económica e financeira subsequentes à ocorrência de eventos graves ou catastróficos.
 
O curso é dirigido para a aquisição de conhecimentos e competências específicas nos domínios da proteção civil, da avaliação de riscos naturais e tecnológicos, do planeamento de emergência e da gestão de crises, com interesse para um vasto leque de atividades profissionais, de entre as quais se destacam: proteção civil, agências de segurança, planeamento e ordenamento do território, ambiente e recursos naturais, educação, investigação científica e desenvolvimento tecnológico, indústria e comércio de produtos de segurança, jornalismo, companhias de seguros, prestação de serviços de consultoria e assessoria, turismo.


Anexos